Para você todas as minhas frases de amor de Gilmara Machado

Nome do livro: Para você todas as minhas frases de amor
Autor(a): Gilmara Machado
Editora: Independente
Páginas: 79 páginas

━━━━━━◇◆◇━━━━━━

Antônio desde muito novo amou Isabel. Quando criança ainda não entendia esse sentimento, mas expressava com atitudes aquilo que sentia. O tempo foi passando, e esse amor amadurecendo junto com ele.

Mas Antônio sempre sofreu com sua timidez e insegurança com relação a sua aparência. Nunca se achou a altura de Isabel, pois via-se como um rapaz desajeitado, atrapalhado e pouco atraente. Via-se como alguém que dificilmente chamaria a atenção de sua amada.

Durante a faculdade, período em que passou afastado de sua família e consequentemente de Isabel, ele passou a cuidar mais de sua aparência, buscou fazer atividades que pudessem ajudá-lo a desenvolver melhor seu corpo. Inclusive, saía bastante com seus amigos a fim de interagir e buscar algum alivio.

Mas a faculdade acabou e havia chegado a hora de voltar para casa. O reencontro com sua amada o deixou completamente sem fala, sem ação, e ele teve uma ideia “brilhante”. Tímido e sem coragem de se declarar a Isabel, ele resolve escrever cartas anônimas para ela. E assim abrir seu coração para ela.

Isabel fica em choque ao reencontrar Antônio, pois ela não esperava vê-lo tão desenvolvido e ela precisava admitir muito atraente. Isabel é uma moça que está a procura de um marido, sem pressa para isso, mas sempre de olho em um ou outro possível pretendente. Quando começa a receber as cartas, ela sente um misto de sentimentos, e um de surpresa. Quem poderia estar lhe escrevendo palavras tão bonitas? Por que ele não a cortejava pessoalmente? Poderia ela se apaixonar por alguém que ela nunca tinha visto? Poderia se apaixonar por alguém por causa de palavras tão doces?

Uma história tão fofa, que aquece o coração. Antônio com seu jeito doce e inseguro, tão devoto de seu amor por Isabel, me conquistou completamente. Uma personagem que chamou muito a minha atenção foi Carolina, irmã de Antônio e melhor amiga de Isabel, com seu jeito irreverente e divertido, roubou a cena diversas vezes.

Um romance bem gostosinho de ler. Uma leitura bem rápida e fácil. Já li outras obras da autora e ela sempre me surpreende com excelentes histórias. Recomendo muito.

Onde comprar: Amazon

Bate Papo

Oi pessoal, tudo bem?

Vamos conversar?

Muitas vezes nos imaginamos vivendo as histórias dos livros que lemos. Passamos a leitura toda desejando viver determinada aventura, ou um romance ou até mesmo viver dentro de algo misterioso.

Agora responde aqui pra mim, e se você tivesse que viver a história de um livro, qual livro escolheria?

Difícil, né! São tantos livros bons com histórias fantásticas, emocionantes, e que nos fazem querer viver naquele universo.

E aquele crush literário? Você escolheria o livro do seu crush para poder, quem sabe, encontrar com ele? haha

Ou escolheria aquele livro de mistério para ajudar o mocinho a desvendar um crime?

Eu, com certeza, escolheria viver a história do livro Harry Potter, e de preferência como bruxa e não como trouxa, porque trouxa eu já sou nessa vida. kkkk

Quero saber a resposta de vocês. 🙂

Trono de Vidro: Coroa da meia-noite de Sarah J. Maas

Nome do livro: Trono de vidro: Coroa da meia-noite (Livro 2)
Autor(a): Sarah J. Maas
Editora: Galera
Páginas: 406 páginas

━━━━━━◇◆◇━━━━━━

Pode conter SPOILERS.

Celaena Sardothien agora é a campeã do rei. Escapou da escravidão nas Minas de Sal de Endovier e agora deve servir ao rei. E ela precisa lutar dia a dia com essa infelicidade. Como campeã do rei, ela está inteiramente a serviço dele, e quando digo isso, digo que ela precisa estar a disposição para executar os trabalhos sujos do rei.

Celaena, embora seja uma assassina, segue alguns princípios e ao servir o rei ela precisa tomar várias decisões que podem acarretar sérias consequências para ela.

O rei, por sua vez, toma ciência de que um grupo rebelde está se formando em Forte da Fenda e estão planejando destruir seus planos. Ele precisa que esse grupo seja eliminado e envia para este serviço, a Assassina de Adarlan.

Quando é envolvida nessa trama, ela percebe que as coisas são muito mais sinistras e misteriosas do que ela imaginava, e que embora inicialmente não quisesse se envolver nesse “rolo”, quando percebe já está mais que envolvida e precisa descobrir quais são os planos que o rei tenta a todo custo proteger.

Ela, ao mesmo tempo que procura pistas, tenta a todo custo proteger aqueles que ama. Em meio a traições, mistérios, segredos, magia e feitiçaria, ela vai precisar descobrir em quem confiar e quais os males que o gigante Castelo de Vidro esconde em suas entranhas.

Um livro fenomenal. Eu amei cada capítulo, devorei cada página na ânsia de chegar ao final. Sarah possui uma escrita muito envolvente, tornando a leitura prazerosa e muito fluida. Os personagens são bem construídos e me apaixonei por cada um. Celaena, em especial, é uma personagem cativante demais, forte, guerreira e embora seja uma assassina, possui um coração muito bom. Apesar de toda sua força e letalidade, ela se mostra muito sensível e humana.

Essa série me arrebatou. Não canso de dizer que estou apaixonada. Porque demorei tanto para começar a ler? haha

Só digo uma coisa, leiam.

Onde comprar: Amazon

TAG Literária – Versus

Oi pessoal! Tudo bem?

Vim responder a TAG Versus que a @livros.dafefa me marcou. Vou listar os livros opostos da minha estante. Sou um pouco indecisa, então foi bem difícil responder, mas muito legal.

1. Livro mais caro Vs. Livro mais barato:

Sob a redoma meu marido comprou há bastante tempo e na época estava bem caro.

O mais barato foi Surpreendente!. Paguei R$ 4,90 na Saraiva na época que ainda encontrávamos bons preços por lá.

2. Livro mais feio Vs. Livro mais bonito:

O livro Annie é bem simples, acho ele bem feinho.

Um lindo de morrer, na minha opinião, é Ecos

3. Livro mais antigo (o que você tem a mais tempo) Vs. O livro mais novo (aquele adquirido mais recentemente):

O mais antigo é O Monge e o Executivo.

E o mais novo é Cidade da Lua Crescente: Casa de terra e sangue volume 1.

4. O menor livro (quantidade de páginas) Vs. O maior livro:

Tenho o livro Quadribol através dos séculos que é pequeno e tem 64 páginas.

O maior livro é Sob a redoma de 951 páginas.

5. O livro mais “famosinho” Vs. O mais desconhecido:

O livro mais famosinho (do momento) que tenho é Corte de Espinhos e Rosas, vejo muita gente falando dele, inúmeras fanarts, etc.

Livros desconhecidos eu tenho um monte, poderia citar vários, um deles é Galveston.

6. O livro que demorou mais pra ler Vs. O livro que leu mais rápido:

Li Sob a Redoma em uma semana. Por ser grande demorei um pouco mais.

O mais rápido foi O Visconde Que me Amava, li em um dia. Ambos foram lidos numa época que eu tinha muito tempo livre. kkk

Hoje não consigo mais esse feito.

7. O livro que mais te surpreendeu (qualquer que seja o motivo) Vs. O livro que foi a maior decepção:

Me surpreendi muito com Trono de vidro, pois não sabia muito o que esperar, e foi a melhor leitura de 2020, com certeza.

Um livro que me decepcionou foi A Herdeira. Esperava simpatizar mais com a protagonista, mas não rolou. haha

Espero que tenham gostado. 🙂

Um abraço!

Verity de Colleen Hoover

Nome do livro: Verity
Autor(a): Colleen Hoover
Editora: Galera
Páginas: 320

━━━◇◆◇━━━

Eu não tinha intenção de ler este livro agora, mas devido aos inúmeros comentários acerca dele, resolvi passar na frente de todos os outros e partir para a leitura.

E, minha gente brasileira, que livro impactante foi esse. Eu estou no chão em posição fetal até agora.

Foi um soco no estômago. Eu sou mãe e foi incômodo ler boa parte da história. A autora conseguiu me deixar completamente surtada praticamente o livro inteiro. A cenas foram descritas com bastante detalhes, feitas pra chocar mesmo. E fiquei chocada.

Eu li tão rápido, a leitura fluiu com uma facilidade enorme. Quanto mais eu lia mais queria saber o desfecho dessa história super sinistra. Essa é a palavra para descrever esse livro: sinistro. Que cabecinha essa autora tem, meu pai do céu.

Não esperava o final que teve. Eu imaginei mil teorias, mas nem de longe imaginei o final que teve. E que final. Fiquei SUR-TA-DA.

Verity é uma escritora de sucesso e tem a vida interrompida por causa de um acidente que a deixa praticamente vegetando. Seu marido Jeremy junto com a editora, procuram uma autora para dar continuidade na série de sucesso que Verity estava escrevendo. E aí entra em cena Lowen. Lowen é uma escritora sem muita notoriedade, e está desesperada atrás de um trabalho. Ao surgir essa oportunidade, apesar de não ser bem o que ela queria, ela não deixou passar. Assumiu o trabalho e de quebra se mudou temporariamente para a casa de Verity afim de encontrar em seu escritório qualquer coisa que pudesse ajudá-la na escrita dos livros restantes. Ela não achava que teria qualquer problema com isso, até encontrar uma autobiografia de Verity. E a cada dia que passava naquela casa, mais intrigada e horrorizada ela ficava.

Recomendo muito a leitura. É um livro pesado, impactante, com uma carga emocional muito grande, mas muito bom e bem escrito. A Colleen arrasou muito. Conseguiu me manter presa a narrativa, ansiosa por mais.

Onde comprar: Amazon

A Lâmina da Assassina de Sarah J. Maas

Nome do Livro: A Lâmina da Assassina
Autor(a): Sarah J. Maas
Editora: Galera
Páginas: 406

━━━◇◆◇━━━

Em A Lâmina da Assassina estão reunidos cinco contos onde podemos conhecer um pouco mais de Celaena Sardothien antes do livro um. São contos que se passam nos meses que antecedem sua ida para as Minas de Sal de Endovier. Nesse livro vamos saber o que aconteceu para Celaena ter sido presa.

Esse livro nos traz um pouco sobre como funcionava a Guilda dos Assassinos de Arobynn Hamel e como era o relacionamento dele com Celaena, sua preferida e protegida.

Conhecemos também, Sam, um personagem citado algumas vezes por Celaena no primeiro livro e que é muito importante para a mesma (seu primeiro amor). Tomamos conhecimento do que aconteceu com Sam, do por que Celaena foi presa e de quem está por trás de todo esse rolo.

A história toda começa quando alguns membros da Guilda dos Assassinos são mortos e Celaena é enviada para lidar com o pirata que é acusado de tais assassinatos. Porém, ao chegar lá e reivindicar a dívida pelos acontecimentos, ela descobre que foi envolvida numa grande mentira. E a partir daí, todos os outros contos giram em torno do que aconteceu em Baía da Caveira.

Adorei o livro, pois esclarece algumas coisas do livro um e já nos instiga para o que está por vir. Eu estou muito encantada com a série, apesar de ter lido somente o livro um e este spin-off, ela já se tornou minha série favorita. Os contos estão em ordem cronológica, e me prenderam de tal forma que eu não queria largar o livro. Com uma escrita envolvente, a autora consegue transmitir muita emoção. Eu senti raiva, alegria, tensão, principalmente, tensão. Eu fiquei tensa boa parte do livro nas cenas de ação. Cenas muito bem escritas, por sinal. Só tenho elogios para a autora.

Os contos conectam as histórias já contadas de forma excepcional e me faz querer ler os próximos livros na velocidade da luz.

Recomendo muito a leitura.

Onde comprar: Amazon

Bate papo | Algum livro te marcou?

Oi pessoal. Tudo bem?

Todo mundo já leu um livro que de alguma forma deixou marcas positivas e até negativas em sua vida.

Não digo livro favorito, mas um livro que te deixou pensativo, que te fez refletir, que você faz questão de indicar para outras pessoas, um livro que independente do tempo que passar você sempre vai se lembrar dele.

Pode ser um livro que deixou seu coração quentinho, que te fez sentir uma grande emoção, ou aquele livro que você não esperava nada dele e acabou se surpreendendo muito. Mas pode ser também aquele livro que você odiou tanto que é impossível esquecer, que a história deixou tanto a desejar que você tem calafrios só de pensar nele. haha

Da minha parte, um livro que se tornou inesquecível e definitivamente me marcou foi Trono de Vidro. Eu ainda não terminei a série, mas logo o primeiro livro da série me arrebatou de uma forma surpreendentemente maravilhosa. Eu estou completamente apaixonada.

E vocês, já foram marcados por algum livro? Algum livro te deixou sem chão?

Conta aí! Vamos papear. 🙂

Resenha | A outra face de Sidney Sheldon

Nome do livro: A outra face
Autor(a): Sidney Sheldon
Editora: Record
Páginas: 239

Sinopse: Conta a história de Judd Stevens, psicanalista bem-sucedido, ele se vê subitamente imerso numa rede de intrigas que pode lhe custar a liberdade… e a vida. Duas pessoas de seu círculo pessoal foram assassinadas. Entre os suspeitos estão uma atriz decadente e ninfomaníaca, um pai de família com tendências homossexuais, um empresário neurótico e uma jovem misteriosa. Ou, quem sabe, seria o assassino o próprio Dr. Stevens?

━━━━━━◇◆◇━━━━━━

Este livro foi meu primeiro contato com a escrita de Sidney Sheldon, e preciso dizer que adorei.

Judd Stevens é um psicanalista bem-sucedido que vive sua vida tranquilamente até que se vê no meio de dois assassinatos. Inesperadamente duas pessoas próximas do médico são assassinadas sem motivo qualquer, gerando uma série de questionamentos, sendo um deles se o próprio Judd não teria cometido tais crimes.

Hipótese levantada pelo policial Mcgreavy, responsável pala investigação dos casos, que devido a um problema do passado não consegue vê-lo como inocente.

Judd ao mesmo tempo que se preocupa com os assassinatos e com uma possível acusação por tê-los cometido, precisa desesperadamente se proteger, pois acredita que está sendo perseguido e que alguém quer matá-lo.

Um suspense psicológico simples, mas muito bem escrito. A cada capítulo eu ficava mais e mais curiosa para ler o próximo. O autor conseguiu me deixar completamente perdida sobre quem era o assassino. Quando eu achava que poderia ser uma pessoa, o autor plantava a sementinha da dúvida e eu já achava que poderia ser outro, e no fim era alguém que eu não esperava. Eu nunca ia imaginar o desfecho que teve. Fui completamente surpreendida. haha

Um livro fácil e rápido de ler, recomento muito a leitura.

Onde comprar: Amazon

Clarice Lispector | Por Trás dos Clássicos

Oi pessoal. Tudo bem?

Hoje trago para vocês um pouco da história de Clarice Lispector, dona de muitos clássicos e de enorme relevância para a literatura brasileira e mundial.

Haia Lispector, mais conhecida como Clarice Lispector, nasceu em 1920 na Ucrânia. Seu nome, Clarice, foi uma das formas que seu pai encontrou de esconder toda sua família quando chegaram ao Brasil.

Descendente de judeus, seus pais passaram os primeiros momentos da vida de Clarice fugindo da perseguição aos judeus durante a Guerra Civil Russa (1918-1920).

Diante disso, chegaram ao Brasil em 1922 e viveram nas cidades de Maceió, Recife e Rio de Janeiro onde passaram algumas dificuldades financeiras.

Desde pequena, Clarice estudou várias línguas (português, francês, hebraico, inglês, iídiche) e teve aulas de piano. Era boa aluna na escola e gostava de escrever poemas.

Após a morte de sua mãe em 1930, Clarice termina o terceiro ano primário no Collegio Hebreo-Idisch-Brasileiro e escreve sua primeira peça de teatro, Pobre menina rica, assim como outros textos curtos que tenta publicar sem sucesso na imprensa recifense.

Mais tarde, sua família vai viver no Rio de Janeiro. Em 1939, com 19 anos, ingressa na Faculdade Nacional de Direito e começa a dedicar-se totalmente à sua grande paixão: a literatura.

Fez cursos de antropologia e psicologia e, em 1940, publica seu primeiro conto, intitulado “Triunfo”.

Após a morte de seu pai, em 1940, Clarice começa sua carreira de jornalista. Nos anos seguintes, trabalha como repórter na Agência Nacional e no jornal A Noite.

Em 1943, obtém a naturalização brasileira e casa-se com o Diplomata Maury Gurgel Valente, com quem teve dois filhos.

Devido à profissão de seu marido, Clarice viveu em muitos países do mundo, desde Itália, Inglaterra, Suíça e Estados Unidos. O relacionamento durou até 1959, e quando resolveram se separar, Clarice retornou ao Rio com seus filhos.

Clarice se dedicou a publicar contos e livros, e muitos prêmios marcaram sua trajetória na literatura. Publicando em jornais e revistas, sempre esteve em evidência.

Em 1966, Clarice Lispector sofreu várias queimaduras no corpo e na mão direita enquanto dormia com um cigarro aceso. Passou por várias cirurgias e viveu isolada, sempre escrevendo.

Clarice Lispector faleceu no Rio de Janeiro, no dia 9 de dezembro de 1977, um dia antes de seu aniversário.

Fontes: https://www.ebiografia.com/clarice_lispector/

https://www.rocco.com.br/especial/claricelispector/

https://www.todamateria.com.br/vida-e-obra-de-clarice-lispector/

Espero que tenham gostado. 🙂

Resenha | Como conquistar uma dama de Gilmara Machado

Nome do livro: Como conquistar uma dama
Autor(a): Gilmara Machado
Editora: Independente

Sinopse: Leonardo Veiga, dono do jornal A coluna Portuguesa, sabia que casamentos arranjados não estavam entre as coisas mais fáceis da vida. Mas após perder a noiva para o seu melhor amigo e estar desesperado com um golpe que sofreu por um de seus parceiros comerciais, ele cede à chantagem e se casa com a filha do golpista.
A senhorita Ermelinda Guimarães de Bivar passou boas horas de seus últimos bailes olhando para um dos solteiros mais cobiçados de Lisboa, mas jamais imaginava que o pai estava chantageando o homem. Assim que Leonardo aceitou se casar com ela para manter o jornal, a jovem passou a odiá-lo. Se passava para todos a ideia de ser tímida, era apenas para evitar reprimendas do pai, caso se mostrasse em público como a dama vivaz e de língua afiada que realmente era.
Quando Leonardo e Ermelinda se isolam do mundo a fim de viver uma lua de mel e se conhecerem melhor, ambos terão que aprender que nem tudo é o que parece.

━━━━━━◇◆◇━━━━━━

Leonardo Veiga é um libertino, como a própria Ermelinda gosta de chamar, um homem de negócios. Dono de um jornal em Portugal, construiu uma boa vida para si e para sua irmã, quem ele ama muito e protege com todas as forças. Um golpe do destino, ou melhor um golpe de um parceiro comercial o obrigou a se casar com Ermelinda. E apesar de ser um casamento arranjado, ele vai procurar tornar esse casamento o mais feliz possível. Somente uma coisa pode atrapalhar ele de alcançar uma felicidade conjugal, a própria noiva.

Ermelinda está cansada de ter seu destino desenhado por seu pai, Gonçalo. Ela quer pelo menos uma vez poder decidir com quem passará o resto da vida. Mas isso lhe é arrancado e ele se vê obrigada a casar com o homem que ela mais quer na vida.

Ah, você acha que ela ficou feliz com essa notícia? Se fosse em outras circunstâncias ela amaria se casar com Leonardo, porém o pedido de casamento veio após um acordo entre seu pai e o tal dono do jornal.

Ódio é a definição do sentimento que ela passou a nutrir por seu “querido” marido. De personalidade forte, com um temperamento difícil de lidar, Linda, como gosta de ser chamada, vai tornar a vida de Leonardo um verdadeiro inferno.

O ressentimento que ela nutre pelo pai é enorme, uma mágoa tão profunda que gerou traumas. Ela teme que tudo que passou com o pai, se repita com Leonardo. E luta para mantê-lo afastado.

Leonardo por sua vez, é um santo. Sinceramente, o cara precisa ser canonizado, por que o que aguentou da Linda, não é pra qualquer um não. Respeitador, carinhoso, atencioso, cavalheiro, boa pinta, e por aí vai. Um homem perfeito.

Esse livro me trouxe um misto de sensações, tive raiva, muita raiva da mocinha, a chatice dela me deu vontade de dar uns tapas nela. Mas mesmo assim, sua força e determinação se sobressaem. Me apaixonei por Leo, sim somos íntimos já, o caráter dele é admirável.

O livro em si é muito bem escrito, a história é muito envolvente do tipo que começamos a ler e não conseguimos parar. Inclusive, eu estava fazendo leitura coletiva desse livro, porém a curiosidade para saber como tudo acabaria me fez adiantar a leitura e furar o cronograma.

Recomendo muito a leitura, um romance de época bem gostosinho e leve, pra ler rapidinho.

Onde comprar: Amazon